Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Michelle Brito, a tenista portuguesa em Wimbledon

 

 

 

Michelle de Brito/ AFP

http://estaticos02.cache.el-mundo.net/

 

 A jovem tenista portuguesa Michelle Caroline Larcher de Brito, também conhecida como Michelle Brito, vinte anos, venceu ontem a tenista russa Maria Sharapova no mítico torneio de WimbledonMiichelle é o grande destaque nas primeiras páginas da imprensa falada e escrita nacional e internacional.

 

Saber + 

 

Nascida em Lisboa, emigrou para os Estados Unidos com nove anos para integrar uma escola de ténis. Michelle de Brito obteve a melhor vitória de sempre do ténis português. Aos 20 anos, a portuguesa radicada nos EUA obteve em Wimbledon o melhor triunfo da sua carreia e do ténis português e repete a presença na terceira eliminatória de um torneio do Grand Slam.

 

 

 

 

Michelle de Brito/ AFP

http://estaticos04.cache.el-mundo.net/

 

 Michelle de Brito completa a sua formação na academia de Nick Bollettieri en Bradenton, Florida, uma escola de prodigios de onde sairam, entre outros, Andre Agassi, Monica Seles, Mary Pierce, Anna Kournikova, Nicole Vaidisova, Daniela Hantuchova ou Maria Sharapova, e por onde passaram em algum momento de suas carreiras Venus e Serena Williams, Pete Sampras, Boris Becker, Iva Majoli ou Tommy Haas.

 

Michelle caíu de joelhos de contentamento e de cansaço, depois de duas horas de acesa batalha com a jovem russa. Mal sabia ela que esta vitória no prestigiado torneio da Florida, a convertía na segunda jogadora mais jovem da história do ténis, depois de Jennifer Capriati, oitava finalista na sua primeira participação poucos días despois de completar 14 anos.

 

Desde ontem, notícia em todas as televisões e imprensa escrita nacinais e internacionais. Jornais como Tennis World. NDTVSportsThe Telegraph ou El Mundo. Este último destaca-a com o título "La nueva Sharapova habla Portugués".

 

"Eu não estaria aqui se não fossem os meus pais. Eu não sou uma daquelas jogadoras que se desculpa como se estivesse doente ou lesionada, nada disso. (...) Tive sorte em ter meus pais ao meu lado, apoiando-me, incentivando-me a continuar. Foi muito difícil para mim este estágio. As únicas pessoas que eu tinha deixado eram minha mãe, meu pai, meus irmãos mas eles me apoiaram durante este tempo muito difícil. Agora eles ainda estão aqui comigo quando eu estou conseguindo vencer."

Michelle de Brito

 

É um grande orgulho para a jovem tenista e para todos nós, portugueses, que acreditamos nas enormes capacidades dos jovens do nosso país. E em tudo que são capazes de mostrar, cá dentro e lá fora, para cumprir seus ideais.

 

Vejamos o caso de jovens investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra que criaram a Sensewall (2010) ou alunos portugueses que marcaram presença nas Olimpíadas Internacionais de Informática - IOI - International Olympiad in Informatics - uma das maiores competições de ciência para alunos do ensino secundário (2010). E poderíamos enumerar tantos outros no campo das artes, ciências e desporto.

 

Actividades:

 

Poucos sabiam de um jovem tenista portuguesa que tenta o seu lugar no ténis mundial.

 

  • Solicitar aos alunos que façam uma curta pesquisa sobre a carreira de Michelle de Brito até agora.
  • Debater o papel do desporto de alta competição na evolução de um jovem, seja em que desporto for.

Se os alunos quiserem seguir a carreira desta prometedora jovem tenista portuguesa e dar os parabéns a Michelle de Brito, visite a sua página no Facebook

 

Bravo, Michelle!

 

A Professora GSouto

 

27.06.2013

 

 Licença Creative Commons

 

Garfield já tem 35 anos ?

 

 

 

Pois imaginem! Uma da minhas personagens favoritas de banda desenhada faz hoje 35 anos! Garfield! Nem dá para crer! Vamos lá ver se ganha juízo!

 

Garfield foi criado por Jim Davis em 1978. Foi recorde  do Guiness, por ser a banda desenhada mais publicada em jornais de todo o mundo, tendo ultrapassado, na altura, as 2.580 publicações.

 

Jim Davis, cartonista norte-americano, cresceu numa quinta em FairmountIndiana (EUA) rodeado  de mais de 20 gatos, e desde cedo mostrou que tinha jeito para desenhar. As primeiras tiras de BD que publicou, "Gnorm Gnat", baseavam-se em  todo o tipo de insectos, mas não tiveram muito sucesso.

 

Foi preciso recuar à sua infância, e aos tempos em que conviveu com tantos gatos em casa, para descobrir a fonte de inspiração que o tornou mundialmente conhecido. E hoje famoso.

 

Desenhou um gato laranja, gordo e resmungão, que adora dormir, como personagem para histórias protagonizadas pelo dono, Jon Arbuckle. Mas depressa Garfield ganhou protagonismo e passou a estrela das tiras diárias.

 

Baptizado com um dos nomes do avô do cartonista - James Garfield Davis - Garfield começou por aparecer em jornais norte-americanos, e rapidamente passou à imprensa estrangeira.

 

 

 

http://upload.wikimedia.org/

 

A par da banda desenhada, Jim Davis viu crescer todo um império em torno da sua personagem, facilmente identificável e compreendida em diferentes  línguas e culturas. Foi o produtor da série televisiva de grande sucesso, Garfield & Friends.

 

Séries televisivas, filmes, telefilmes, jogos de computador e dezenas de produtos (canecas, cartazes, cadernos, peluches) foram criados com a marca do gato.

 

Garfield foi ainda usado em publicidade de marcas bem conhecidas.

 

 

 

 
 
Bem, como a maior parte dos alunos já está em férias, começamos a publicar temas mais lúdicos, de modo a aliviar o stresse de um ano lectivo. Não quer isto dizer que não possam aprender ou relembrar algo de interessante.
 
Ler banda desenhada pode ser uma divertida opção para actividade de lazer em férias... entre outras leituras.

 

Para os que estão a prestar provas de exame de 12º ano, aproveitem para descontrair vindo até aqui ler alguns assuntos mais leves mas sempre de interesse geral.

 

A cultura social digital é uma mais valia .

 

 A Professsora GSouto

 

19.06.2013

 

Licença Creative Commons

 

Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil

 

 

 

Dia Mundial Contra Trabalho Infantil, 2013

http://www.ilo.org/

 

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que 10,5 milhões de crianças trabalham em actividades domésticas, sendo que 47% delas têm menos de 14 anos de idade e a maioria (72%) são meninas.

 

O trabalho infantil doméstico é considerado uma das piores formas de trabalho para crianças e, por isso, é este ano o foco central das acções do Dia Mundial contra o Trabalho Infantil que se celebra todos os os anos no dia 12 Junho.

 

O tema  é "Não à exploração infantil no trabalho doméstico”.

 

Saber +

 

Segundo os dados da ILO, 3,8 milhões das crianças que trabalham em casas de terceiros têm entre 12 e 14 anos de idade e 3,5 milhões são ainda mais novos: têm entre 5 e 11 anos de idade.

As estimativas apontam que cerca de 5,5 milhões dessas crianças são vítimas do trabalho forçado ou do tráfico de pessoas para trabalho forçado.

 

 

 

Trabalho infantil

 http://1.bp.blogspot.com/

 

Devido a essa situação, as Nações Unidas alertam para a necessidade de os governos a nível mundial realizarem reformas legislativas e aplicarem políticas que garantam "a eliminação do trabalho infantil em actividades domésticas", estabelecendo uma idade mínima para o ingresso de  jovens no trabalho.

 

Recomenda também a criação de condições de trabalho decentes e a protecção adequada para os/as jovens trabalhadores/as domésticos/as que estão acima da idade mínima legal para o trabalho.

 

A idade mínima para trabalhar varia de acordo com a natureza das actividades. Para trabalhos rápidos e seguros que não atrapalhem a formação escolar, a idade mínima ideal é entre 13 e 15 anos de idade.

 

Já os trabalhos perigosos só podem ser exercidos por maiores de 18 anos. A idade mínima limite para admissão em empregos, quando o/a adolescente está em fase de finalização da escolarização é, em geral, 15 anos de idade.

 

 

 

Free Children from Work

http://files.coloribus.com/

 

Ir + longe:

 

A promoção de um movimento mundial contra o trabalho infantil é outra recomendação da ONU a todos os governos.

 

A escravidão, o tráfico de crianças e adolescentes, a servidão por dívidas e outras formas de trabalho forçado, além do recrutamento forçoso de crianças para serem utilizadas em conflitos armados, prostituição, pornografia, e outras actividades ilícitas, constituem inquestionavelmente as piores formas de trabalho infantil, proibidas mundialmente.

 

 

 

 

O vídeo aqui publicado, data de 2010, mas a situação em 2013 não será muito diferente. Infelizmente, até piorou com a crise económica a nível mundial. A pobreza alastra por muitos países europeus e outros países desenvolvidos não europeus.

 

É importante que os jovens não abandonem a escola, dado que a educação poderá ser a maior arma contra o trabalho infantil!

 

Actividades: 

 

  • Participa nesta campanha na tua escola : debates, cartazes, exposição, leitura de dos Direitos das Crianças.

 

A Professora GSouto

 

12.06.2013

 

 Licença Creative Commons

 

Dia da Criança : Pedro e o Lobo, um concerto para os mais novos Casa da Música

 

 Pedro e o Lobo

Ilustração: Renato Moriconi

www.google.com/images

 

Desta vez, o meu post é dedicado aos mais novos. "Pedro e o Lobo" é uma história infanto-juvenil contada através da música. Foi composta por Sergei Prokofiev em 1936, com o objectivo pedagógico de mostrar às crianças e jovens as sonoridades dos diversos instrumentos.

 

 

 

 

Cada personagem da história - Pedro, o lobo, o avô, o passarinho, o pato ou pata, em algumas versões, o gato e os caçadores -é representada por um instrumento musical diferente.

 

A Casa da Música vai apresentar neste Dia da Criança um concerto narrrado pela apresentadora Catarina Furtado e pelo actor João Reis acompanhando a Orquestra Sinfónica do Porto da Casa da Música.

 

O concerto que tem por título Pedro e o Lobo e outras Fábulas vai tocar esta peça precedida pela Abertura Pinocchio de Ernst Toch, Contos Fantásticos de Luís Tinoco e O Caminho para o Castelo Yonder, de Higglety Pigglety Pop consuzido por Oliver Knussen.

 

 

 

 

Um boneco que cada vez que mente lhe cresce o nariz, um menino que fez amizade com um dinossauro indisposto, um rapaz que não obedeceu ao avô e se meteu em grandes sarilhos com um lobo malvado, uma conversa entre os pingos da chuva e uma estrada mágica...

 

Todas estas aventuras são musicalmente ilustradas e narradas com música o que as torna ainda mais aliciantes, neste concerto que celebra o Dia da Criança.

 

Acredita que vale a pena! E lembra quantas crianças não têm acesso à música! Não podes perder esta linda oportunidade.

 

Bom Dia da Música para vós!

 

A Professora GSouto

 

01.06.2015

 

Licença Creative Commons