Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Hora do Planeta 2011

 
 
 
 
 
http://wwf.ca/earthhour/
 
Hoje à noite, 26 de Março 2011, sob uma nova luz – a  luz das estrelas ou a luz das velas – 81 cidades e vilas portuguesas apagam as luzes dos seus monumentos mais emblemáticos, juntando-se assim a cerca de 4.000 cidades de todo o mundo.

 
 
 
http://www.ecycle.co.za/
 
Desde 2007, quando Sidney (Austrália), levou a cabo este evento pela primeira vez,  que o mundo se tem unido neste gesto simbólico que já tornou a Hora do Planeta um dos maiores movimentos voluntários de luta contra as alterações climáticas a nível global.
 
Apagar as luzes por uma hora - Earth Hour- é, não só contribuir para a preservação do nosso Planeta, como fazer parte da maior plataforma voluntária de cidadãos contra as alterações climáticas.
 
Nós participámos na Hora do Planeta 2008 aqui  e na Hora do Planeta 2009 aqui. Nas aulas de Língua Portuguesa e Cidadania desenvolvemos projectos que enriqueceram os nos conhecimentos e alargaram as vossas aprendizagens. Já em 2010, apenas pude alertar-vos para a Hora do Planeta aqui.
 
Mas sei que não mais esquecerão os vossos bons actos de cidadania e se vão juntar a esta imensa campanha cívica mundial.
 
Este ano, a Hora Planeta unir-se-à em pensamento ao povo do Japão no momento de grande tristeza que este país atravessa. Mais uma razão para nos unirmos.
 
 
 
Orquestra Metropolitana de Pequenos Violonistas
Conservatório Música Lisboa
 
 
 
Em Lisboa, o jovem agrupamento da Orquestra Metropolitana que é constituído por alunos do Conservatório de Música da Metropolitana, entre os 3 e os 18 anos de idade, e que tem vindo, ao longo dos últimos anos, a alinhar as suas cordas e arcos em prol de causas solidárias vai tocar na Aula Magna, pelas 20:30. 
 
Este ano, os pequenos violinistas voltam-se assim para o Planeta e juntam-se a WWF, uma causa que já se tornou o maior movimento voluntário do mundo na luta contra o aquecimento global: a Hora do Planeta.
 
 
 
Podem seguir, os que já têm mais de 13 anos, (é bom não esquecer!) esta fantástica campanha cívica no Facebook.
 
Mas, este ano, a Hora do Planeta pode não significar só desligar as luzes! Earth Hour + apela para que possamos ir mais longe!
 
Desligar o computador, a televisão, o telemóvel, o mp3, todo o ritual 'geek' que nos rodeia no dia-a-dia... Será que vamos conseguir?
 
Anotem na vossa agenda: 20:30 (hora local). Hoje!
 
 
A Professora GSouto
 
26.03.2011

 

 Licença Creative Commons

 


Mostra Ciência, Ensino e Inovação: Universidade do Porto

 

 

 

9ª Mostra  Ciência Ensino e Inovação U.P. 

http://sigarra.up.pt

  

Está a decorrer a 9.ª edição da Mostra de Ciência, Ensino e Inovação da Universidade do Porto no Pavilhão Rosa Mota, Porto. Destina-se a estudantes do ensino básico e secundário que ambicionem entrar no ensino superior.

 

"A Mostra de Ciência, Ensino e Inovação da Universidade do Porto é o espaço ideal para se perceber a diversidade da oferta formativa da Universidade do Porto, mas também para a exploração, de forma interactiva, de variados aspectos do conhecimento científico."
 
 
Reitor U.P.
 
 
Na Mostra estarão representadas as 14 Faculdades e os 50 cursos da Universidade do Porto. Um acontecimento que promete ser muito animado.
 
 

 

Mostra U.P. - Pavilhão Rosa Mota
http://jpn.icicom.up.pt
  
 
Entre outras novidades, conta com o espectáculo "Química à Mostra" inserido nas comemorações do Ano Internacional da Química e reproduzirá algumas experiências que marcam a história daquela disciplina.
 
 
A Mostra da U.P. vai estar aberta ao público de 17 Março a 20 Março 2011. A entrada é gratuita.
 
 
Sei que vários alunos já frequentaram a U.P. Júnior durante as férias de verão. Alguns aconselhados por mim, numa altura em que era ainda pouco divulgada.
 
 
Ah! Não esqueçam ! As inscrições para UJr abriram hoje! Ver aqui
 
 
Não sei se tiveram a oportunidade de fazer uma visita de estudo à Mostra. Mas, se tal não aconteceu, não percam esta oportunidade de ir conhecer os vários cursos na companhia dos pais!
 
 
Afinal, para muitos, está a chegar o momento das grandes decisões: que área seguir, que curso escolher! Estou certa que vai ser uma descoberta interessante!
 
 

 

 

Reitoria da Universidade do Porto

http://centenario.up.pt/centenario.php

 

A 9.ª edição realiza-se no mesmo mês em que a Universidade do Porto comemora o seu 100º Aniversário. É verdade! A Universidade do Porto está a festejar o seu 100º Aniversário. Assim, para alguns dos vossos Pais vai também ser um motivo de alegria relembrar a sua Faculdade! E os seus anos de estudantes!
 
 
Eu também fui aluna na U.P.Com muito orgulho. Boas lembranças. Muitas memórias, professores, colegas. 
 
 
E vou certamente participar em algumas das festividades! Tempos que não se esquecem!
 
 
Insisto. A Mostra da U.P. vai estar aberta ao público de 17 Março a 20 Março 2011. A entrada é gratuita.
 
 
Então aproveitam estes dois dias e vão até ao Pavilhão Rosa Mota! Aguardo as vossas impressões! E ficarei feliz em conhecer algumas das vossas futuras opções!
 
 
Bom fim-de-semana... na Mostra!
 
 
A Professora GSouto
 
 
19.03.2011
 

 Licença Creative Commons

 

 

 

Sismo no Japão, uma tragédia !

 

 

 

Sismo Japão

REUTERS| Yomiuri 

http://l.yimg.com/

 

O terramoto de magnitude 8,9 na escala de Richter que atingiu o Japão foi seguido de um tsunami. Este sismo registado às 14:46 locais (05:46 Lisboa) já fez, pelo menos, 280 mortos e 350 desaparecidos, segundo o último balanço oficial difundido pela polícia japonesa. 

 

Para além destes dados, as autoridades avançaram que já foram contabilizados mais 241 feridos. No entanto, os números oficiais continuam a ser actualizados.

 

"Os danos são tão grandes que levará muito tempo para reunir mais dados" - afirmou a polícia.

 

A União Europeia  manifestou já a solidariedade europeia para com o Japão, na sequência deste devastador sismo que atingiu o país, garantindo que a União Europeia está pronta a prestar toda a assistência necessária.

 

"Estamos profundamente preocupados com as notícias do devastador sismo que abalou o Japão, causando numerosas vítimas e graves danos materiais”

 

Presidente UE

 

Durão Barroso expressou a solidariedade e apresentou condolências da União Europeia ao povo e governo japonês. A Europa está pronta a assistir as autoridades japonesas de todas as formas que o puder fazer, em caso de necessidade.

 

 

 

Terramoto Japão

 REUTERS/ Kyodo (Japan) 

http://news.yahoo.com/

 

 Os dirigentes dos 27 países da União Europeia prometeram mobilizar toda a ajuda necessária, num comunicado publicado durante a cimeira extraordinária a decorrer.

 

"Tomámos conhecimento com grande preocupação de que um devastador terramoto atingiu o Japão e a região pacífica", afirmam os chefes de Estado e de Governo. "Nós pedimos à alta representante da UE para as Relações Externas (Catherine Ashton) e à Comissão Europeia para mobilizar toda a ajuda necessária para o Japão", acrescenta o texto.

 

Também o Presidente Obama já ofereceu o apoio dos Estados Unidos.

 

 

 

 

O vídeo é bem demonstrativo da dimensão da tragédia! O número de mortos, em função da violência do sismo e do tsunami não é superior, pelo facto de o povo japonês está preparado para este tipo de catástrofes.

 

No Haiti, por exemplo, o sismo que se abateu em 2010 sobre o país foi de menor intensidade, e como todos sabemos, causou vítimas em muito maior número.

 

O alerta foi dado para vários países no Pacífico que poderão sofrer nas próximas horas sismos semelhantes ao acontecido no Japão.

 

 

 

 

 

Hoje, 11 Março 2016, cinco anos depois, o Japão presta homenagem aos seus mortos. A catástrofe deixou 18.500 mortos e provocou a crise nuclear de Fukushima, cujos efeitos ainda são visíveis.

 

Esta sexta-feira, dia em que se assinala o quinto aniversário do desastre, o Japão recorda as vítimas e pede fim à energia nuclear.

 

 

créditos : © AFP or licensors

http://mb.web.sapo.io/

 

(...)

Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra

(Beijo-te, corpo meu, todo desilusão! (...)

 

Cecília Meireles, Despedida

 

 

 

 A Professora GSouto

 

11.03.2011

 

actualizado 11.03.2016

 

Licença Creative Commons

 

Créditos: video The Lede/ NYTimes