Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Mensagem de Bom Ano !

 

                                                    0000e8fr

 

Natal & decorações de rua

créditos: Denis Sinyakov 

http://news.yahoo.com/ 

 

De repente num momento fugaz,
os fogos de artifício anunciam
que o ano novo está presente
e o ano velho ficou para trás.

(...)

 

Anónimo

 

Que o Novo Ano traga Paz para o Mundo, menos sofrimento para os desprotegidos, muita alegria para todos os povos.

 

Vivam felizes !

 

A Professora GSouto

 

30.12.2005

 

 Licença Creative Commons

Férias 'indigo' ! Ok ! É para brincar

 

 

 www.gogle.com/

 

 Mote

 

Brincar, brincar, brincar, brincar

se isto não é ter que fazer

o que é ter que fazer?

 

Manuel António Pina, Tempos livres

 

 

Brincar, brincar, brincar

Correr, saltar, gritar

Pular, dançar ao som dos D'ZRT

Jogar Gameboy, X-box ou sacar

Harry Potter, pipocas & coca-cola 

Messenger, toques, piscadelas e fotos

Sms, imagens, pst!

Mp3 em ritmos hip-hop 

Isto é que dá prazer!

 

Ufa! Mas muito que fazer...

Hein? Ler livros? Sim! Mas...

Ok! A professora cativa e lê 

Dom Quixote, As Rosas Inglesas, O Rei vai nu!

 

Férias! Aulas? Tudo vai recomeçar...

 

(texto original lúdico)

 

A Professora GSouto

 

26.12.2005

 

*Nota - jogos de palavras à volta de um mote


Creative Commons License

Crónica de uma Noite de Natal !

 

 

 

 As Crónicas de Narnia, 2005

http://www.imdb.com/

 

 

 

 As Crónicas de Narnia, 2005

http://www.imdb.com/

 

Em Portugal, a tradição repete-se um pouco por todo o país, embora nas grandes cidades tudo se passe numa atmosfera essencialmente cosmoplita.

 

As ruas iluminam-se de lâmpadas transparentes e cintilantes como auroras boreais, montras vestidas de vermelho, doirado ou prateado prendem os olhares. O país torna-se feérico por alguns dias!

 

Esquecem-se os dias tristonhos e gélidos, pessoas enchem os passeios, umas apressadas nas compras, outras apenas no simples prazer de desfrutar desta quadra festiva. Dir-se-is que as luzes trémulas aquecem os corações mais cépticos e solitários.

 

No dia 24, à noite toda a família se reune para a ceia de Natal. Alguns partem para o campo. Outros atravessam o mundo para voltar ao seu país, por poucas horas.

 

Sensivelmente por volta das vinte e uma horas, a grande família reencontra-se à mesa: bombons variados de cores e sabores para os mais pequenos, frutos secos e cristalizados para os mais crescidos.

 

A luz das velas imprime uma tonalidade mais intimista, adequada à ceia de Natal!

 

Como entrada, os apetitosos pastéis de bacalhau com verduras, regra geral grelos salteados. Segue-se então o tradicional Bacalhau à Portuguesa: bacalhau cozido, batatas, couve portuguesa, cenouras e ovos. Tudo, acompanhado generosamente pelo bom azeite, comprado nas lojas tradicionais ou enviado da província por familiares e amigos.

 

E chega a sobremesa! Uma enorme mesa, pródiga das mais belas iguarias da doçaria portuguesa: rabanadas, aletria polvilhada e aromatizada com canela, farofas, fios de ovos, sonhos, pudim conventual de ovos... excêntricos requintes para o paladar!

 

O célebre Bolo-Rei que os mais velhos e apreciadores acompanham com um cálice de perfumado vinho do Porto.

 

 

 

 As Crónicas de Narnia, 2005

http://www.imdb.com/

 

À meia-noite, tocam à porta... e o Pai Natal - um familiar disfarçado por trás de uma longa barba branca e vestido a rigor - faz a sua entrada, soltando o tradicional e esfuziante:

 

- Ho! Ho! Ho!

 

Os miúdos despertam, e enchem os olhos de estrelas brilhantes. Os gritos de espanto, alegria e excitação espalham-se pela casa. É o momento mais belo da noite! A hora do encantamento!

 

A mesa deixa-se posta e guarnecida.

 

Dizem os mais antigos que, durante, a noite o espírito dos familiares desaparecidos regressa para partilhar desta doce reunião de família.

 

Há pessoas que saem percorrendo as ruas frias num gesto de solidariedade e tentam aquecer a noite dos que dormem à luz da Estrela de Natal!

 

texto original © GS

(escrito Natal 2004)

 

Para todos os meus alunos e familiares Feliz Natal !

 

A Professora GSouto

 

21.12.2006

 

Licença Creative Commons

 

Nota: Mensagem de Natal publicada em Kidzlearn -Lugares&Aprendizagens/ Português

 

Crianças sem Natal : direitos das crianças

 

unicef_cr_carenciadas_mund_unicef_shehzad_noorani_handout_reuters_14_12_05.jpg

 

 

Crianças recolhen alimentos em lixeira

 http://www.unicef.org/

 

Exclude & invisible é título do Relatório de The State of the Word's Children 2006 que pode encontrar no sítio web da Unicef.

 

 

Leeda, 14 anos, Camboja

http://www.unicef.org/

 

Since her mother left, Leeda has been in charge of the household. Every day she cooks, cleans and takes care of her brothers. A phone number to contact her mother in case of emergency is carved on one of the house's wooden beams. 

 

Queres conhecer melhor Leeda? Lê aqui

 

Diante de nossos olhos, perpassam fotografias de oito crianças, entre as quais Leeda, que nos contam as suas histórias plenas de privação física e moral.

 

 

Para conheceres as histórias de Keabetswe (Botswana), Ali (Jordão), Himal (Nepal), Martha (Serra Leoa), Ishen (Reino Unido), Nodira (Urbequistão), Yuleini (Venezuela), poder ler no site da Unicef aqui

 

E questionámo-nos perplexos, doridos:

 

- Que é feito da Convenção dos Direitos das Crianças?

 

Nesta época de grande alegria, muito carinho e tanto afecto, para muitos, não podemos esquecer as crianças que, tal como estas dos testemunhos, não têm Natal, vivendo excluídos  e invisíveis e abaixo de condição humana.

 

Para todos os meninos e meninas indefesos, com fome, sem Natal, vai o nosso pensamento cheio de ternura.

 

Que o Novo Ano altere substancialmente as suas vidas! E lhes dê o direito de ser crianças!

 

A Professora GSouto

 

19.12.2005

 

Licença Creative Commons

 

Narnia

 

 

 

 

narnia_film_12_12_05.jpg

 

 Narnia: O Leão, a Feitiveira, O Guarda-Roupa

 

http://adisney.go.com/disneypictures/narnia/index.html

 

 

'The Chronicles of Narnia: The Lion, The Witch and the Wardrobe' escritas por C.S. Lewis, grande amigo do célebre J. R. R. Tolkien, o autor da trilogia  'The Lord of the Rings'.

 

Lewis era fascinado em contos de fadas, mitos e lendas ancestrais, recolhidas com inspiração na sua infância, e recriadas neste crónica em seis volumes.

 

Há cerca de 50 anos, C.S. Lewis criou uma terra de magia e encantamento a que deu nome de Narnia. Desde então, mais de 60 milhões de leitores descobriram este mundo maravilhoso que existe para além de um guarda-fatos. E assim nascem The Chronicles of Narnia

 

 

 

 

 The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch, and the Wardrobe 

 

http://www.imdb.com/

 

 

Para quem ainda não pode fruir deste belíssimo filme, aqui deixo alguns sítios web a visitar:

 

 

Narnia | C.S. Lewis 

http://harpercollinschildrens.com/feature/chroniclesofnarnia/books.html

 

 

Narnia | Filmes

http://www.disney.pt/Filmes/narnia/main_pt.html?cid=pt&sec=init&subsec=init (versão em língua portuguesa)

 

Narnia I | The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch, and the Wardrobe 

http://www.imdb.com/title/tt0363771/

 

 

Mas, não esqueçam! Comprem o livro! Poderemos lê-lo na aulas e comentar as diferenças.

 

 

A Professora GSouto

 

12.12.2005

 

Licença Creative Commons 

 

 

Sonhos com Pai Natal!

 

 

 

pai_nat_louis_missp-judi_bottoni_ap_25_11_05.jpg

 

Imagem: Judi Bottoni/AP

http://news.yahoo.com

 

Natal aproxima-se! Com ele, os olhos das  crianças ficam mais brilhantes, enchendo-se de mil estrelas. É o sonho que vem mais pertinho instalar-se, como de mansinho, naquelas cabecinhas lindas! E os pensamentos  voam pressurosamente em busca dos desejos mais esfuziantes.

 

É nesta época, que todos queremos acreditar num mundo de paz, sem guerras, catástrofes, fome ou falta de abrigo. Sonhamos ser felizes, por um dia, uma hora, um segundo! E esquecer o sofrimento.

 

Mas, nem todas as crianças do Mundo têm o bafejamento de poder abraçar o Pai Natal, como esta menina de Louisianne, nos Estados Unidos.

 

Talvez o Pai Natal tenha querido mesmo compensá-la do enorme susto e, quem sabe, do muito sofrimento provocado pela catástrofe que assolou o Mississipi, há bem poucos meses!

 

Já repararam bem no sorriso lindo e pincelado no rosto da menina, enquanto os bracitos envolvem carinhosamente o Pai Natal?!  A menina parece querer retê-lo  só mais um pouco, como que para segurar aquele sonho tão deliciosamente verdadeiro!

 

Quem não tem necessidade de momentos de magia?!

 

 

A Professora GSouto

 

(texto original)

 

7.12.2005