Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

BlogdosCaloiros

"Em toda a infância houve um jardim - isto é coisa de poetas" Agustina Bessa-Luís | BlogdosCaloiros is my blog in Portuguese Language curriculum. It aims to enhance the lessons using ICT and captivate cultural curiosity

Pausa Natal

 

 

 

 

www.google.com

 

De novo no Natal!  A poucos dias da festa de Natal, chega o Inverno. E hoje entrou o Inverno, com o dia mais curto do ano.

 

Neste dia celebra-se a festa que ao longo da história se associou à celebração do Natal, o solstício de inverno. Este ocorreu às 17:11, com o dia a ter menos de nove horas e meia de sol em Portugal.

 

"O Natal está relacionado com a cristianização de uma festa tradicional que tem a ver com o solstício". O momento simbolizava o renascimento ou o reinício, a festa do sol, o momento em que a luz vencia a escuridão e os dias iam voltar a ser maiores. 

 

Na terra, o solstício de inverno no hemisfério norte e de verão no sul acontece precisamente às 17:11, quando o sol atinge a zona mais baixa no horizonte, como explicou Carlos Santos, do Observatório Astronómico de Lisboa.No dia mais pequeno do ano, o sol nasce um pouco antes das 08:00 e põe-se às 17:19 (referência a Lisboa). 

 

 

 

 

Goodle doodle 1º dia de Inverno 2013

www.google.com

 

Como sempre o motor de pesquisa Google não poderia deixar passar em branco o início do inverno e presenteia-nos com um quente tricô nas cores da sua companhia.

 

Carlos Santos lembrou que o solstício é um momento, a partir do qual, os dias vão de novo gradualmente a ser maiores no hemisfério norte, e isto tem a ver com a inclinação do eixo da terra e não com a distância entre o planeta e o sol.

 

O momento em que a terra está mais próxima do sol, o chamado periélio, acontece no início de janeiro (em julho é o momento em que está mais afastada, o afélio).

 

O inverno, que hoje começa, dá lugar à Primavera a partir de Março. Com ou sem festas pagãs ou religiosas, os dias vão, a partir de hoje, voltar a crescer, até 21 de junho, quando se assinala a noite mais curta. Era na antiguidade o momento de celebrar as colheitas.

 

Segundo o astrónomo, o solstício é fácil de observar : "Se olharmos para o sol todos os dias, ao meio dia veremos a descida dele no horizonte".

 

É assinalado desde a antiguidade, havendo mesmo "monumentos megalíticos que estão orientados para o solstício", como todos sabemos.

 

Na história, não faltam referências à importância do 'solstício de inverno' e ainda em 2012, faz hoje precisamente um ano, sacerdotes maias da Guatemala fizeram uma cerimónia para assinalar a data, considerada pelos maias como o início de uma nova era (21 de dezembro de 2012).

 

Em Portugal, uma tradição que ainda se mantém na zona de Bragança, é a dos caretos ou "festa dos rapazes". Trata-se de uma "festa do solstício de inverno".

 

 

 

 

Nativity | Presépio

http://upload.wikimedia.org/

 

As festas pagãs que tradicionalmente se faziam para comemorar o solstício de inverno e honrar o sol terão, a partir do século IV, sido associadas ao Natal, a festa cristã que assinala o nascimento de Cristo.

 

Com ou sem festas pagãs ou religiosas, os dias vão, a partir de hoje, voltar a crescer, até 21 de junho, quando se assinala a noite mais curta. Era na antiguidade o momento de celebrar as colheitas. 

 

Mas hoje cabe-me celebrar o solstício e com ele o Natal. Embora espere que tenham gostado de saber ou entender melhor todas estas tradições que estão ligadas à história dos Homens e do planeta que habitamos. 

 

 

 

 

Ficam também os votos de um delicioso Natal para todos, na companhia de pais, avós e irmãos.  Aproveitem bem as férias!

 

E, de novo, lembro todas as pessoas, jovens e menos jovens, que estão neste momento difícil do nosso país em situações de incerteza, dor, tristeza, falta de emprego e bens essenciais para passar esta época tão tocante. 

 

Não esqueçam de ser solidários. Eu sei que são.

 

Feliz Natal!

 

 

A Professora GSouto

 

22.12.2013


Licença Creative Commons

referência: dnoticias.pt

 

1 comentário

Comentar post